Dicas para o seu designer criar folhetos que impactam e funcionam

Tempo de leitura: 4 minutos

O primeiro contato do cliente com uma empresa é decisivo. Ali, ele já determina se vai dar uma chance para o relacionamento com a empresa ou se nem quer saber mais dela.

Por isso, as empresas precisam se dedicar a encantar o cliente desde as primeiras experiências. E é isso que deve acontecer quando ele pega o seu folheto pela primeira vez: você deve encantá-lo com um design bonito, um material agradável de ler, informações claras e ofertas atraentes.

Pensando nisso, trouxemos neste post algumas dicas de design para criar folhetos atraentes, impactantes e eficientes. Dessa forma, você gera uma primeira impressão super positiva e consegue fixar a sua marca na mente do consumidor para as futuras compras.

Se é isso que a sua empresa quer, então fique de olho nas dicas que temos para você:

Ao criar folhetos, organização é fundamental. Geralmente, a quantidade de informações é grande, então você não pode simplesmente jogá-las na página. Alguns princípios do design, como a proximidade, o alinhamento e a repetição, ajudam a organizar o layout.

Por exemplo: o preço deve estar próximo do produto ao qual se refere, para não gerar confusão na informação. Junto a ele, é natural que estejam também o nome e a descrição do produto. Assim, a proximidade mostra que essas informações se referem àquele item.

Já o princípio do alinhamento orienta a criar linhas imaginárias no layout para criar uma conexão entre os elementos. Por exemplo: você pode alinhar todos os produtos com 10% de desconto à esquerda na página. Assim, o leitor absorve a informação mais rapidamente.

Em um folheto, é comum que os nomes dos produtos utilizem sempre a mesma fonte ou que os títulos de seções (bebidas, limpeza etc.) tenham a mesma cor. Essa repetição ajuda o leitor a reconhecer alguns padrões no layout, que facilitam a sua compreensão e dão consistência ao material.

Por mais que você ache que tudo o que está no folheto é importante, saiba definir uma hierarquia entre as informações. Se tudo é destaque, nada se destaca, entende?

Então, o designer deve criar uma hierarquia entre os produtos (por exemplo, criando um box de ofertas em destaque), mas também entre as informações de cada produto (por exemplo, usando tamanhos diferentes para o nome, a descrição e o preço do item).

Ao escolher cores, fontes e elementos para o layout, é importante seguir a identidade visual da marca. Essa dica para criar folhetos se baseia no princípio da repetição que citamos anteriormente, já que você deve seguir um padrão em todos os seus materiais.

É assim que o consumidor reconhece a sua publicidade e fixa a sua imagem na mente. Portanto, oriente o designer sobre as regras que ele deve seguir.

Por mais que você queira deixar o seu material bastante alegre e dinâmico, cuide para não exagerar no uso de diferentes cores e fontes. Ousar demais nesses elementos pode causar uma poluição visual, que tende a afastar o consumidor e transmitir uma imagem negativa.

Então, oriente seu designer a escolher uma paleta de cores harmônica e focar em apenas uma ou duas fontes, e que elas sigam a identidade da sua marca.

Não fique com pena de não conseguir utilizar todos os cantos da página para falar das suas ofertas. Algumas áreas em branco, como um espaçamento entre os produtos ou ao redor de uma chamada importante, são necessárias para proporcionar um respiro ao leitor.

Se você espremer todas as informações ao criar folhetos, os elementos ficam desorganizados e deixam o leitor atordoado.

Com essas dicas para criar folhetos mais eficientes, o consumidor vai pegar o seu material em mãos e ficar encantado com a sua marca! A leitura vai ser mais agradável, o design vai ser mais atraente e as informações vão estar mais claras. E tudo isso é essencial para estabelecer uma comunicação eficiente com ele para gerar os resultados que você deseja.

Portanto, agora você já sabe que, para criar folhetos, não basta jogar as informações no papel! Algumas técnicas de design são bem-vindas para orientar a criação do layout. Se você ficou com alguma dúvida, deixe seu comentário logo abaixo e participe do nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *